EXPOMAC/ELETRON com força total em 2018

8 de maio de 2018 0 Comment

Um dos mais tradicionais eventos do setor industrial brasileiro e o mais antigo a ser realizado no Sul do Brasil, destinado a atender às necessidades das indústrias de base e transformação do diversificado e extenso parque fabril regional, a EXPOMAC – Feira da Indústria Metal Mecânica terá sua 21ª edição bianual de 19 a 22 de setembro no EXPOTRADE, em Pinhais, grande Curitiba.
 

Diagramada para receber perto de 200 indústrias expositoras e um público profissional visitante superior a 20 mil profissionais a EXPOMAC estará recheada de novidades.

 

HABITÁCULOS DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

 

Além de trazer como evento paralelo e simultâneo a ELETRON – Feira da Indústria Elétrica, Eletrônica e de Automação Industrial, a EXPOMAC abre um espaço para acomodar diversos habitáculos de inovação tecnológica. Acordos estão em processo de formalização para permitir que esses centros e diversas incubadoras possam ter um palco adequado para a perfeita integração entre a iniciativa criativa e de tecnologia da universidade e o parque industrial local. A tarefa que a Diretriz Feiras e Eventos, organizadora da EXPOMAC/ELETRON, se propõe a realizar será melhor concretizada com o apoio de instituições como a UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, afirma Cássio Dresch, diretor da promotora.

 

Na visão de Ricardo Mânica, coordenador do PROEM – Programa de Empreendedorismo e Inovação da UTFPR, as incubadoras já têm uma programação para que, em duas datas no ano, suas ações sejam colocadas à disposição do público.

 

“O que elaboramos, agora, é um cronograma envolvendo todos os centros de inovação tecnológica do Paraná para que esses possam ter, num evento eminentemente profissional, um fértil terreno para elaboração de acordos que permitam o emprego das inovações, sua adequação final às necessidades da atividade industrial/empresarial e, claro, a abertura de oportunidades que somente o confronto entre ofertadores e demandadores de tecnologias pode provocar” afirma Mânica.

 

PARANANIZAÇÃO

 

A potencialização e recuperação dos negócios “intramuros” é outra preocupação da feira. Nas palavras de Nelson Hubner, Presidente da AECIC – Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba, após uma quase paralisação motivada por uma crise sem precedentes, a “parananização” tem que ser retomada.

 

A valorização das industrias paranaenses com ações que promovam o adensamento do tecido industrial local passa, também, pelo estímulo e apoio à participação de pequenas e médias empresas locais em eventos como feiras, afirma Hubner.

 

Ainda de acordo com o dirigente, o período de realização da EXPOMAC/ELETRON, que tem o apoio institucional da AECIC, permitirá a aceleração dos negócios envolvendo a compra e troca de máquinas objetivando modernização de parte do parque fabril. Projetos que ficaram em “stand by” nestes últimos anos e que a partir de abril sairão do papel, ratifica Hubner.

TRANSLATE